Zé Maria

José Maria Rodrigues Alves nasceu em Botucatu, interior de São Paulo, no dia 18 de maio de 1949. Começou sua carreira na Ferroviária de Botucatu e foi contratado pela Portuguesa em 1967. Estreou em um amistoso na cidade de Sorocaba, contra o São Bento. A Portuguesa perdeu por 1 a 0 e jogou com:

Félix, Zé Maria, Estêvão, Ulisses e Augusto; Wilson Pereira, Paes e Ratinho; Leivinha, Sílvio (Ademar) e Valdir (Estéfano).

Zé Maria chegou a jogar com seus 2 irmãos, o lateral-esquerdo Gil e o atacante Tuta, em uma derrota para o Santos por 3 a 2, no dia 23 de maio de 1967, em um amistoso. Estreou na Seleção Brasileira em 20 de junho de 1968, na goleada por 6 a 3 sobre a Polônia, em Varsóvia. Foi a única partida em que jogou pelo Brasil enquanto esteve na Lusa.

Foi Campeão do Mundo em 1970, mas, como reserva do capitão Carlos Alberto Torres, não disputou nenhum jogo. No começo de 1970, acompanhou a Portuguesa numa excursão pela Bolívia. Não se pode esquecer da goleada por 12 a 0 sobre o Ferroviário de Oruro e os 6 a 0 sobre o Jorge Wilstermann, sua despedida com a camisa rubro-verde.

Após a Copa de 1970, numa conturbada negociação com o Corinthians, Zé Maria foi vendido, passando a ser conhecido como “Super Zé”. Jogou como titular na Copa de 1974, disputando 66 jogos pela seleção. Zé Maria encerrou a carreira na Inter de Limeira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s