Orlando

Orlando Alves Ferreira nasceu em 25 de julho de 1940, começou sua carreira de goleiro apenas aos 20 anos, quando defendeu a equipe de sua cidade, o São Cristóvão, onde jogou por 2 anos. Em 1963, o goleiro foi contratado pela Portuguesa, porém, nesse ano a Portuguesa não realizou uma boa campanha em terras brasileiras, ficando apenas em 12º lugar no certame regional. Mas nesse Campeonato Paulista, a Lusa realizou, disciplinarmente, uma campanha exemplar, já que em 30 partidas teve apenas um jogador expulso.

De 1964 a 1968, Orlando revezou a posição de titular à frente da meta lusitana com o campeão mundial de 1970, Félix. O goleiro Orlando era conhecido como o “Gato Preto” por sua grande elasticidade e agilidade, além de ser da cor negra. Em 6 de setembro de 1973 recebeu a medalha de prata do Prêmio Belfort Duarte, concedida aos profissionais que completam mais de 200 partidas oficiais de futebol durante 10 anos sem sofrer uma única punição. Foi neste mesmo ano que se sagrou campeão paulista pela Portuguesa, como reserva de Zecão.

Faleceu em 19 de julho de 2007, pouco antes de completar 67 anos, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) no Hospital do Mandaqui, em São Paulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s